Províncias

Agricultura familiar entre as prioridades

Alfredo Ferreira | Quicabo

O reforço do fomento da agricultura familiar como base para o desenvolvimento das comunidades rurais, com vista a diversificação da economia, constitui uma das apostas das autoridades comunais de Quicabo, no município do Dande, na província do  Bengo, disse ontem o administrador da circunscrição.  

Benjamim Pascoal, que falava à população do Quicabo no acto da sua apresentação, reconheceu ser uma tarefa difícil, mas não impossível trabalhar na localidade e garantiu intensificar acções que visam melhorar a qualidade de vida dos habitantes e a agricultura será uma das áreas a ser dada uma atenção especial.
Benjamim Pascoal disse que, através da agricultura familiar, vai ser possível diminuir a fome e a pobreza nas comunidades e contribuir para incentivar os jovens ao gosto pelo cultivo, uma vez que a comuna oferece terrenos férteis para a prática agrícola. Benjamim Pascoal disse que a administração e outros sectores vão continuar a apoiar os camponeses com imputes agrícolas, sementes e vários instrumentos que possibilitem o trabalho dos “homens do campo”.
O administrador do Quicabo espera contar com o apoio da população na conjugação de esforços, no sentido de contribuírem para o desenvolvimento da região.  O administrador municipal do Dande, João Castelo Branco, exortou o novo gestor comunal de Quicabo a trabalhar mais próximo das comunidades, auscultando os seus problemas.

Tempo

Multimédia