Províncias

Banco de urgência com pouca procura

Edson Fontes | Caxito

O Banco de Urgência do Hospital Provincial do Bengo registou durante o período  natalício 51 casos, dos quais 31 em crianças, um número considerado baixo em relação aos anos transactos, disse ontem, em Caxito, o director clínico daquela unidade hospitalar.

Mário Martins disse que houve dois casos de óbito de crianças trazidas já em estado crítico ao Banco de Urgência da Pediatria. O bloco operatório realizou duas cirurgias de urgência, provenientes da maternidade, assim como a transfusão de sangue a nove pacientes.
Durante o período do natal foram internados 21 pacientes. Mário Martins pediu à população em geral para manter o mesmo comportamento durante o final do ano, evitando os excessos.
Por outro lado, o chefe da Comunicação Institucional de Imprensa do Comando Provincial dos Serviços de Protecção Civil e Bombeiros, subinspector Jacinto dos Santos, considerou o período do natal calmo, comparativamente ao anterior.
O Serviço de Bombeiros registou duas ocorrências, um acidente de viação, choque entre uma viatura e uma motorizada na localidade do Panguila, de que resultou um ferido, que foi rapidamente evacuado para o hospital provincial do Bengo.
O subinspector disse que houve ainda a ocorrência de um afogamento no rio Dande, onde os bombeiros foram chamados para resgatar o cadáver.
Tudo está assegurado para responder a qualquer situação, uma vez que têm forças destacadas no Panguila, Caxito, Açucareira, Quibaxe, Úcua e na Barra do Dande.

Tempo

Multimédia