Províncias

Bengo regista redução de casos de incêndios

Mário Clemente / Bengo

O Serviço de Protecção Civil e Bombeiros na província do Bengo registou, de Janeiro a Novembro do ano em curso, 46 incêndios, perfazendo uma redução de sete ocorrências em relação ao ano anterior. A informação foi revelada à imprensa pelo comandante provincial, comissário bombeiro Mankenda Lukengani.

Neste ano os bombeiros tiveram menos trabalho
Fotografia: Jesus Silva

O chefe da corporação dos Bombeiros disse que, no período em referência, foram registados 20 curto-circuitos, sete casos de negligência, 18 de fogo posto e uma ocorrência de fuga de gás butano.

Os incidentes tiveram lugar nos municípios do Dande, Bula Atumba, Nambuangongo e Pango Aluquém e afectaram residências privadas, estabelecimentos comerciais e os sectores de Energia e Águas, Transportes e Saúde.
Mankenda Lukengani informou ainda que a instituição que dirige registou 46 afogamentos e 33 acidentes de viação, que causaram 17 mortes e 161 feridos, alegando que a falta de meios para o combate dos incêndios tem dificultado o trabalho dos agentes sob sua tutela.
Por seu lado, o comandante provincial da Polícia Nacional no Bengo, comissário Delfim Kalulu Inácio, apelou à população para colaborar e cumprir com os conselhos do Serviço de Protecção Civil e Bombeiros, “de forma a evitar eventuais casos que dificultem a pronta intervenção das autoridades.”

Tempo

Multimédia