Províncias

Bengo aposta na agricultura familiar

Alfredo Ferreira | Nambuangongo

A Administração Municipal de Nambuangongo, no Bengo, vai reforçar as intervenções a nível da agricultura de subsistência familiar, no âmbito das prioridades da sua nova gestão, assegurou o seu responsável Francisco Sebastião Adão.

Município tem recursos hídricos favoráveis à agricultura e daí a necessidade de criação de sistemas de irrigação com tecnologia moderna
Fotografia: Kindala Manuel

O novo administrador municipal afirmou que, durante o seu mandato, vai dar uma atenção especial ao sector da Agricultura para reforçar o combate à fome e à pobreza nas comunidades e diversificar a economia. Francisco Adão fez tais declarações aquando da sua apresentação aos munícipes, numa cerimónia presidida pelo vice-governador provincial do Bengo para a área Económica, Domingos Guilherme.
O administrador municipal de Nambuangongo sublinhou que a aposta na agricultura familiar se deve ao facto de a região cultivar em grande escala produtos como banana e mandioca.
Explicou que, para o sucesso da empreitada, é necessário o apoio dos empresários e dos bancos, uma vez que a municipalidade tem grandes potencialidades agrícolas.
Francisco Adão afirmou ainda que o município de Nambuangongo dispõe de recursos hídricos favoráveis à agricultura, daí a necessidade de implantar-se sistemas de irrigação dotados de tecnologia moderna, uma vez que a maior parte dos camponeses é idosa.
O administrador fez saber que a municipalidade vai ganhar em breve uma nova imagem, com a reparação da via que liga a sede municipal do Dande a Muxaluando, permitindo a troca de mercadorias e o escoamento do excedente para as regiões circunvizinhas.
Neste momento, segundo o administrador municipal de Nambuangongo, as obras decorrem de forma normal, mas podem ser aceleradas, no sentido do cumprimento dos prazos estipulados.

Outras prioridades

Francisco Adão apontou igualmente como prioridade o saneamento básico, o apoio às unidades hospitalares e o reforço das acções no sector da Assistência Social.  
Com uma extensão de 5.653 quilómetros quadrados, o município de Nambuangongo tem uma população estimada em 79.719 habitantes, na sua maioria camponesa.
O município dista 110 quilómetros a Noroeste da cidade de Caxito e é composto por sete comunas, designadamente Quicunzo, Muxaluando, Quixico, Zala, Gombe, Cage Mazumbo e Canacassala.

Tempo

Multimédia