Províncias

Bispo da diocese do Caxito pede aos fiéis para terem fé

Maiomona Artur | Caxito

O bispo da diocese do Caxito, D. António Jaca, pediu domingo, aos fiéis para rezarem com fé porque a oração ajuda a compreender qual é a vontade de Deus para com os cristãos.

D. António Jaca da Diocese de Caxito
Fotografia: Arimateia Baptista

O bispo da diocese do Caxito, D. António Jaca, pediu domingo, aos fiéis para rezarem com fé porque a oração ajuda a compreender qual é a vontade de Deus para com os cristãos. O prelado falava na eucaristia do encerramento das festividades de Sant´Ana que decorreu de 24 a 25 de Julho.   
Segundo o bispo, a palavra de Deus ensina a melhor maneira de rezar, daí a importância dos fiéis orarem para que Jesus possa responder às suas expresses. “É necessário entrar sempre em comunhão com Deus no sentido de sabermos o que vamos pedir, como pedimos, a quem pedimos, a quem procuramos e a que porta batemos”, disse D. António Jaca.
O bispo do Caxito afirmou que “toda oração deve ser dirigida directamente ao Pai e não é preciso passar por intermediários nem com cunha para chegar até Deus. Quando se ora, não podemos só pensar em nós mais sim devemos orar para os nossos familiares, amigos e a Nação com muita fé para o Senhor ouvir as nossas preces”, referiu. 
O prelado disse ainda que o nome de Deus é santificado e “quando o homem descobre Deus muda a sua vida e converte-se ao Senhor procurando semear à sua volta paz e harmonia”.  D. António Jaca disse que quem santificar o nome de Deus tira o ódio do seu coração, a inveja, o rancor e o ressentimento.
“Rezar com ódio no coração é impossível, Deus não escuta a oração de quem respira ódio, violência e vingança, porque quem reza de verdade traz no seu coração sentimentos de amor e paz para com o seu irmão”.  O bispo referiu igualmente que “quem reza sai das trevas, logo aproxima-se da luz de Deus. Quando se melhora o relacionamento em casa com os familiares e no trabalho significa que Deus escuta a oração do cristão”. D. António Jaca implorou aos fiéis para fazerem das suas casas um santuário de oração a Deus.

Tempo

Multimédia