Províncias

Centenas de estudantes matriculados no Bengo

Alfredo Ferreira | Caxito

A direcção do Instituto Médio Politécnico “Kimamuenho”, no Bengo, matriculou 376 estudantes neste ano lectivo, com vista a diminuir o índice de alunos fora do sistema escolar.

A direcção do Instituto Médio Politécnico “Kimamuenho”, no Bengo, matriculou 376 estudantes neste ano lectivo, com vista a diminuir o índice de alunos fora do sistema escolar.
Durante o acto que marcou o baptismo dos caloiros, o director da instituição, José Domingos Muginga, disse que com a entrada de novos estudantes, o número de matriculados aumentou de 2.004 para 2.380 alunos.
Este é, no seu entender, um número satisfatório, tendo em conta as necessidades da província que, além do instituto “Kimamuenho”, conta também com outras instituições que ajudam a formar mais estudantes para o desenvolvimento região.
José Muginga referiu que o governo da província está preocupado com a inserção de mais alunos e estudantes no sistema de ensino, daí que os esforços devam ser cada vez maiores para se aumentar o número de estudantes.
O Instituto Médio Politécnico do Kimamuenho do Bengo é uma instituição virada para a formação de professores e ministra os cursos de língua portuguesa, francês, história, geografia e o curso de instrução primária. Para o director do instituto, estas são áreas muito específicas, seleccionadas em função das áreas rurais que se encontram a nível do território.
Até ao momento, o instituto já formou 5.380 estudantes nas várias especialidades do conhecimento científico, em particular no ramo da educação e da economia.

Tempo

Multimédia