Províncias

Cheias no Bengo devastaram campos agrícolas

Na cooperativa do campo de refugiados do Sungui, Porto Quipiri, Bengo, vários campos agrícolas foram devastados, na terça-feira, pelas fortes chuvas que se abateram sobre a região, informou à Angop o chefe da cooperativa agrícola, Yava Próspero.

Na cooperativa do campo de refugiados do Sungui, Porto Quipiri, Bengo, vários campos agrícolas foram devastados, na terça-feira, pelas fortes chuvas que se abateram sobre a região, informou à Angop o chefe da cooperativa agrícola, Yava Próspero.
Segundo o responsável, “foram destruídos mais de cem hectares de culturas, como tomate, cebola, repolho, gindungo, pepino, mamoeiros, batata-doce, milho, mandioca e banana, tendo ficado danificadas as principais vias de acesso às lavras”. Além disso, dezenas de famílias foram transferidas para outras regiões. Yava Próspero adiantou que cinco mil famílias camponesas estão envolvidas nesta época agrícola, que carecem de alfaias agrícolas, sementes para diversificar a produção e fertilizantes.
O campo dos refugiados da comunidade do Sungui tem cerca de 150 famílias.

Tempo

Multimédia