Províncias

Chineses sondam áreas para cooperação

Maiomona Artur| Caxito

Uma delegação chinesa  da localidade de Nanchong, província de  Sichuan,  visitou vários empreendimentos  do sector de processamento de recursos marinhos do município do Ambriz,  Bengo, com vista a troca de experiências e  de eventuais acordos bilaterais entre as duas localidades.

Município do Ambriz, Bengo
Fotografia: DR


 “A China é uma grande potência mundial e temos todo interesse em aprender com  este país”, disse a governadora do Bengo,  Mara Quiosa, durante a visita, adiantando que o  seu elenco  está a trabalhar com o Ministério da Administração do Território para a criação de condições  que visam a assinatura de um memorando de intercâmbio de amizade entre os municípios do Ambriz e o  de Nanchong.
 O presidente do Comité Municipal Permanente de Nanchong, que chefiou a comitiva, disse  que tomou conhecimento das potencialidades económicas do Bengo, em particular do município do Ambriz. “ Foi possível identificar as principais áreas de investimentos, e criar condições para o reforço e fortalecimento dos laços de cooperação entre os dois países”, sublinhou.
O  responsável chinês disse que “dezenas de empresas de Nanchong  participaram no processo de reconstrução de Angola e investiram nos sectores industrial, imobiliário, agrícola, entre outros ramos.
A comitiva chinesa visitou a localidade do Loge Pequeno, no município do Ambriz, onde poderá implementar um projecto de construção de indústria de processamento de recursos do mar.

Tempo

Multimédia