Províncias

Clínicas móveis fazem consultas em Cana Cassala

Maiomona Artur | Cana Cassala

Cerca de 850 mulheres efectuaram diversas consultas nas clínicas móveis na comuna de Cana Cassala, município de Nambuangongo, Bengo, no âmbito do programa “Saúde da mulher”, uma iniciativa da Organização da Mulher Angolana (OMA).

Cerca de 850 mulheres efectuaram diversas consultas nas clínicas móveis na comuna de Cana Cassala, município de Nambuangongo, Bengo, no âmbito do programa “Saúde da mulher”, uma iniciativa da Organização da Mulher Angolana (OMA).
A coordenadora do grupo de médicos, Dina Segunda, referiu que, durante dez dias, foram feitas 151 consultas de pediatria, 548 de clínica geral, 138 de obstetrícia e 14 de ginecologia. Este número é significativamente inferior ao Junho, quando foram realizadas 12 mil consultas, sendo a falta de transporte e deficiente logística apontadas como as causas principais para essa queda. 
Dina Segunda sublinhou que o programa tem como objectivo reduzir a mortalidade materno-infantil, combater as doenças sexualmente transmissíveis, sobretudo o VIH-Sida.
As pacientes que foram às clínicas móveis apresentavam patologias como a malária, febre tifóide, hipertensão arterial, doenças diarreicas agudas e cardiovasculares.
O “Programa saúde da mulher” envolve 18 especialistas  de Luanda e do Bengo, e a secretária provincial da OMA, Ginga Afonso, garantiu que outras localidades da região vão ser abrangidas.

Tempo

Multimédia