Províncias

Construção de chafarizes elogiada pelo soba grande

Maimona Artur | Barra do Dande

O soba grande da localidade do Vale do Paraíso, Sebastião Domingos, comuna da Barra do Dande, província do Bengo, mostrou-se satisfeito com a implantação do sistema de distribuição de água potável e seis chafarizes . 

O soba grande da localidade do Vale do Paraíso, Sebastião Domingos, comuna da Barra do Dande, província do Bengo, mostrou-se satisfeito com a implantação do sistema de distribuição de água potável e seis chafarizes . 
De acordo com Sebastião Domingos, que falava no quadro das festividades do Dia da Paz e Reconciliação Nacional, disse que o sistema de distribuição de água e dos chafarizes vai diminuir a carência  na localidade, que há mais de 35 anos tinha as torneiras secas.
Sebastião Domingos referiu que a paz permitiu que as populações deixassem de acarretar água a partir dos rios e lagos, que distam seis quilómetros do aglomerado populacional. A  água dos rios e lagoas tem provocado doenças, sobretudo às crianças e  mulheres grávidas.
  O soba grande informou que desde 1975 não se consumia água canalizada no Vale do Paraíso, daí a satisfação manifestada pelas autoridades tradicionais e a população.
O Vale do Paraíso tem lutado com falta de água potável e finalmente surgiu a oportunidade de resolver o problema. As populações estavam cansadas de percorrer longas distâncias para se abastecerem de água para o consumo.
A mais alta autoridade tradicional da área, Sebastião Domingos,  salientou que a população, até à inauguração do sistema de abastecimento, era obrigada a consumir água imprópria, o que originou o surgimento de um surto de cólera e outras patologias que os médicos não conseguiram diagnosticar.
Segundo Sebastião Domingos, que louvou o gesto do governo da província do Bengo pela execução do Projecto Água para Todos na sua comunidade, estes sistemas vão beneficiar não só as populações mas  também as empresas sedeadas na área.
 A falta de água tem causado muitas dificuldades aos empresários desta zona da Barra do Dande.
“A partir do momento em que foi instalado o sistema de abastecimento e distribuição de água na localidade, vamos envidar esforços no sentido de proteger os chafarizes, respondendo, deste modo, ao apelo do governo provincial”, disse o soba.
A população do Vale do Paraíso está estimada em oito mil habitantes e a maior parte das pessoas dedica-se à agricultura de subsistência, à pesca  nos rios e nas lagoas e ao comércio informal.

Tempo

Multimédia