Províncias

Cooperativas de camponeses reunidas em assembleia-geral

Noé Jamba |Bengo

A Federação das Associações de Camponeses e Cooperativas Agro-Pecuárias do Bengo realizada desde sexta-feira, no Caxito, a primeira assembleia-geral ordinária de balanço e renovação de mandatos.

A Federação das Associações de Camponeses e Cooperativas Agro-Pecuárias do Bengo realizada desde sexta-feira, no Caxito, a primeira assembleia-geral ordinária de balanço e renovação de mandatos.
De acordo com o presidente da federação, Marques Miguel, que prestou quinta-feira a informação ao Jornal de Angola, os participantes estão passar em revista aspectos ligados ao funcionamento da instituição, discussão e aprovação do relatório de balanço das actividades desenvolvidas no período 2005/2010.
A assembleia vai igualmente aprovar o plano de actividades para o novo mandato e analisar o relatório de contas no exercício 2005/2009, disse Marques Miguel.
Segundo o representante da União Nacional dos Camponeses de Angola (UNACA) no Bengo, no domínio da reorganização das associações e cooperativas, as acções incidiram na legalização das instituições agro-pecuárias e na obtenção de certificados de admissibilidade, escritura pública, registo comercial, estatístico e na preparação das terras para fins agrícolas.
Marques Miguel salientou que acções da instituição estiveram essencialmente dirigidas ao sector agrário, onde os camponeses beneficiaram de apoios do Executivo, no sentido de aumentarem a produção e diversificarem as culturas.

Distribuição de bens

O presidente da federação acrescentou que, no âmbito da execução do Programa de Extensão e Desenvolvimento Rural (PEDR), o departamento provincial do Instituto de Desenvolvimento Agrário (IDA), em colaboração com a União Nacional dos Camponeses de Angola, procedeu à distribuição junto das associações de camponeses e cooperativas agro-pecuárias de vários municípios 42.515 instrumentos agrícolas, 64.290 toneladas de sementes e ainda fertilizantes.
Marques Miguel disse que na campanha agrícola 2008/2009, o movimento cooperativo e associativo recebeu do Executivo 15 tractores e duas viaturas, que foram distribuídos pelos municípios de Ambriz, Bula Atumba, Dande, Icolo e Bengo, Nambuangongo, Pango Aluquém e Dembos Quibaxe.
A União Nacional dos Camponeses de Angola, no Bengo, tem 206 associações de camponeses em todos os municípios.

Tempo

Multimédia