Províncias

Defendida expansão dos serviços de saúde

Cerca de nove por cento das crianças com idades entre os seis e 59 meses tiveram resultados positivos nos testes de diagnósticos rápidos sobre malária, na província do Bengo, segundo o relatório final do Inquérito de Indicadores Múltiplos e de Saúde (IIMS) 2015/2016, divulgados ontem, em Caxito.

Autoridades melhoram prestação dos serviços médicos
Fotografia: Edições Novembro


O director provincial da Saúde, João das Necessidades Fernandes, avançou que o inquérito do Instituto Nacional de Estatísticas (INE), refere ainda que a cobertura de todas as vacinas básicas para crianças de 12 a 23 meses atingiu 24%.
Em relação ao VIH/Sida, o relatório final do IIMS indica que há uma prevalência de cerca de 1,9% do vírus entre as pessoas dos 15 aos 49 anos.
O presente inquérito tem como objectivo principal fornecer estimativas actualizadas de indicadores de saúde básicos, com destaque para os cuidados primários e o controlo de grandes endemias. Visa ainda fornecer informações actualizadas relativamente à situação dos homens, mulheres e crianças, assim como medir o estado actual de alguns indicadores chaves, uma amostra que garante representatividade a nível nacional, provincial, urbano e rural.João das Necessidades disse que o inquérito foi realizado pelo INE, instituição gerida pelo Ministério do Planeamento e Desenvolvimento Territorial, em colaboração directa com o sector da Saúde.
A assistência técnica do programa, que se apoia na Municipalização dos Serviços de Saúde, está a cargo do Unicef.O director provincial apelou aos gestores dos serviços de saúde, no sentido de fazerem uma análise minuciosa dos dados, para que se reflicta na qualidade e na melhoria da prestação dos serviços na região.
Disse ser intenção do governo da província apoiar os esforços dos actores que concorrem para o reforço dos serviços de saúde.
Edson Fontes | Caxito

Tempo

Multimédia