Províncias

Defendido aumento do currículo escolar

Maiomona Artur | Caxito

A especialista em saúde reprodutiva do Hospital Provincial do Bengo, Guilhermina Guilherme, defendeu em Caxito a necessidade de se instituir a disciplina de saúde reprodutiva nas escolas, para que os jovens conheçam o seu corpo e saibam controlar-se, evitando deste modo gravidezes precoces e doenças sexualmente transmissíveis.

Guilhermina Guilherme teceu estas considerações durante uma palestra subordinada ao tema “Importância da saúde reprodutiva no meio dos jovens”, realizada no âmbito das comemorações do Dia Internacional da Juventude, assinalado na terça-feira.
Durante a referida palestra, promovida pelo Conselho Provincial da Juventude, Guilhermina Guilherme disse que é fundamental que os jovens se conheçam devidamente, porque a saúde reprodutiva promove um auto-conhecimento integral para o desenvolvimento de uma vida sexual satisfatória.
Nesse sentido, considerou urgente que os jovens, nas escolas e com os encarregados de educação, troquem impressões positivas sobre o assunto e sem tabu, para que haja uma maior promoção da saúde sexual.

Planeamento familiar


Na palestra, a oradora sublinhou que os jovens com conhecimentos vão ter mais probabilidades de fazer planeamento familiar, sobretudo as mulheres, para não terem filhos indesejados ou abortos prematuros.
No plano escolar, o incremento da educação sexual passa pela conjugação de vectores essenciais, como a formação de profissionais de saúde, psicólogos escolares, auxiliares da acção educativa, no sentido de serem capazes de agir de forma adequada e coerente, perante as dúvidas e manifestações das crianças e jovens.
A saúde reprodutiva engloba ainda questões relacionadas com as doenças sexualmente transmissíveis, benefícios da amamentação e identidade sexual entre géneros, segundo a especialista em saúde reprodutiva do Hospital Provincial do Bengo.
  Participaram na palestra realizada em Caxito estudantes do ensino médio, básico, docentes e responsáveis das escolas.
O Dia Internacional da Juventude celebra-se a 12 de Agosto, por resolução da  Assembleia Geral da Organização das Nações Unidas (ONU) em 1999, em resposta à recomendação da Conferência Mundial de Ministros Responsáveis pela Juventude, reunida em Lisboa, de 8 a 12 de Agosto de 1998.

Tempo

Multimédia