Províncias

Escola polivalente é criada no Bengo

Edson Fontes | Caxito

Uma escola profissional polivalente arranca ainda este ano em Caxito, num projecto desenvolvido pela organização não-governamental Ajuda de Desenvolvimento de Povo para Povo (ADPP).

Uma escola profissional polivalente arranca ainda este ano em Caxito, num projecto desenvolvido pela organização não-governamental Ajuda de Desenvolvimento de Povo para Povo (ADPP).
O professor Nelson da Graça, da conhecida “Cidadela da Criança”, em Caxito, referiu ontem que a escola polivalente vai arrancar, numa primeira fase, com 24 alunos da 7ª à 9ª classe, em regime de internato.
Aquele educador ao serviço da ADPP disse que a instituição está em obras de reabilitação. A mesma possui nove salas e 31 professores.
Com a conclusão das obras de reabilitação, a escola profissional polivalente, que prevê arrancar primeiro com os cursos de assistente de cozinha, electricidade e canalização, vai inscrever candidatos de outras classes, além dos da 7ª, 8ª e 9ª classes.
A “Cidadela da Criança” matriculou, este ano lectivo, 233 alunos da 1ª à 9ª classe, embora tivesse 500 vagas disponíveis, lamentou o professor Nelson da Graça, apelando para que mais alunos se inscrevam, nos próximos anos.

Tempo

Multimédia