Províncias

Estudantes em Portugal doam material didáctico

Edson Fontes | Caxito

O núcleo de estudantes angolanos do Instituto Superior de Ciências de Educação de Lisboa ofereceu 11 mil livros à escola primária 329 da comuna das Mabubas, município do Dande, província do Bengo.

A disponibilidade de mais livros vai impulsionar o hábito pela leitura no seio das crianças
Fotografia: Edmundo Eucílio |

A doação, feita no âmbito da Jornada Académica da referida instituição, foi ainda integrada por 200 batas, igual número de mochilas e 300 borrachas.
Os estudantes angolanos pertencentes ao Instituto Superior de Ciências da Educação de Lisboa ofereceram ainda 500 esferográficas e três mapas, que vão contribuir para uma melhor aprendizagem.
Miguel Gola, coordenador do núcleo de estudantes, explicou que “num breve diagnóstico, vimos que a população circundante à escola é de baixo rendimento e que muitos alunos vão para escola sem o uniforme necessário”,  e prometeu que em breve as províncias de Malange, Benguela e Huambo também vão receber este tipo de bens.
O director da escola primária nº 329 na Mabubas, Arlindo Paulo, disse que esta oferta é muito importante, visto serem várias pessoas que estão preocupadas com a qualidade do processo do ensino e aprendizagem.
Além disso, veio motivar mais o serviço escolar, uma vez que as condições sociais e económicas dos pais e encarregados de educação não são das melhores.
Durante a sua permanência em Caxito, o núcleo de estudantes visitou a Barragem das Mabubas, a Escola de Formação de Professores Kimamuenho, o Memorial Heróis da 1ª região político-militar e a Escola Superior Pedagógica do Bengo. 

Tempo

Multimédia