Províncias

Falta de combustível em Bula Atumba leva a corte no fornecimento de energia

O município de Bula Atumba está sem energia eléctrica há uma semana, devido à escassez de combustíveis para abastecer o grupo gerador que alimenta a circunscrição, disse ontem o seu administrador, Domingos Ventura Neto, citado pela Angop.

Outros problemas como os que ocorrem em cabines também deixam a região às escuras
Fotografia: Edmundo Eucílio

O município de Bula Atumba está sem energia eléctrica há uma semana, devido à escassez de combustíveis para abastecer o grupo gerador que alimenta a circunscrição, disse ontem o seu administrador, Domingos Ventura Neto, citado pela Angop.
O administrador fez saber ainda que esta situação está a provocar transtornos às populações do Bula Atumba e arredores, que solicitam a intervenção urgente das entidades de direito para uma resolução rápida do problema.
Por causa da falta de energia, o sistema de captação, tratamento e distribuição da água deixou de funcionar. Esta situação está a fazer com que muitas pessoas consumam água bruta do rio, o que pode provocar um aumento de casos de doenças diarreicas e outros males. Domingos Neto realçou que, como alternativa, as autoridades têm recorrido ao mercado informal para a aquisição do gasóleo, o que considera muito dispendioso para a administração.
Para evitar este tipo de situações, o administrador solicitou à direcção da Sonangol e aos empresários para que envidem esforços para a instalação de um posto de abastecimento de combustíveis.
O município do Bula Atumba, situado a nordeste da cidade de Caxito, conta com cerca de 12 mil habitantes e possui 53 aldeias.

Tempo

Multimédia