Províncias

Falta de infra-estruturas preocupa autoridades

Pedro Bica | Dembos

O município dos Dembos, na província do Bengo, conhecido pela sua actividade agrícola, sobretudo na produção do café, está a clamar por mais quadros e infra-estruturas sociais básicas, situação que preocupa as autoridades locais.

Josefa José administradora municipal
Fotografia: Edmundo Euciílio |Dembos

O município dos Dembos, na província do Bengo, conhecido pela sua actividade agrícola, sobretudo na produção do café, está a clamar por mais quadros e infra-estruturas sociais básicas, situação que preocupa as autoridades locais.
As preocupações recaem principalmente sobre a falta de unidades sanitárias, escolares e infra-estruturas de apoio aos serviços administrativos, bem como a carência de médicos, enfermeiros, professores e pessoal administrativo para as quatro comunas da região.
Para tirar a localidade da letargia em que se encontra, as autoridades do município, que já foi considerado um dos grandes celeiros, estão a realizar acções no âmbito do Programa Municipalizado de Combate à Fome e à Pobreza.
A  administradora municipal Josefa José disse que, apesar das dificuldades, os habitantes das 40 aldeias que compõem a circunscrição dos Dembos, no Bengo, estão empenhados em mudar o triste cenário da municipalidade.
Embora a municipalidade enfrente várias dificuldades, a administradora referiu que actualmente o sector da Agricultura, sobretudo o tradicional, é o que mais cresce, contribuindo para o combate à pobreza e  à fome.

Falta de instituição

A falta de uma instituição bancária no município faz parte das preocupações constantemente apresentadas por professores, funcionários públicos e empresários apostados em investir nos Dembos. A administração faz apelos para que os bancos se instalem na localidade.
A par dos novos empreendimentos, que crescem ainda de forma tímida, a administradora municipal garantiu que a sede municipal dos Dembos, Quibaxe, pretende também inverter o aspecto desolador das infra-estruturas sociais, algumas em escombros e a reclamar reabilitação urgente.
Para isso, a dirigente disse que estão em curso obras de âmbito central, provincial e municipal, com o objectivo de se “acabar com os escombros a nível da bela e ordenada vila do café”.
Josefa José afirmou que o principal objectivo das autoridades locais e da população é devolver a antiga mística à região de Quibaxe, que sempre foi conhecida por ser limpa, organizada e acolhedora.
A dirigente anunciou a construção do comando municipal da Polícia Nacional, do Centro Integrado de Formação Profissional, além de confirmar a conclusão da biblioteca de apoio aos estudantes.

Água potável nas torneiras

Os munícipes da vila de Quibaxe já consomem água potável, a partir de um sistema de distribuição que está programado para funcionar durante quatro horas, devido à falta de energia eléctrica permanente.
A preocupação da administração municipal é criar condições que permitam a distribuição de água às aldeias e bairros que circundam a vila de Quibaxe.
Com uma população estimada em 18.150 habitantes, na sua maioria camponeses, o município dos Dembos debate-se ainda com sérios problemas no que concerne ao saneamento básico e também de  vias secundárias.

Comércio em crescimento

A actividade comercial, aos poucos, vai ganhando espaço em Quibaxe, com abertura de pequenas lojas, farmácias e armazéns de venda de roupas, estabelecimentos explorados, em grande escala, por cidadãos estrangeiros.
O mercado municipal está em fase de conclusão, para acolher os vendedores que estão a praticar a venda num armazém abandonado, muito pequeno.
Na localidade, verifica-se que o preço do calçado e do vestuário é mais elevado que o praticado no sector da alimentação.


Outras necessidades

A vila de Quibaxe possui duas bombas de combustível privadas, infra-estruturas que minimizam as constantes preocupações das populações e dos automobilistas que utilizam os troços Caxito/Dembos e Luanda/Uíge.
Para quem se faz à estrada a caminho dos Dembos, depara-se com um troço que exige perícia e respeito ao código de estrada.
Dembos, com paisagens exuberantes, como as famosas “Sete curvas”, é um município da província do Bengo. A sua sede é a vila de Quibaxe e é limitado a norte pelos municípios de Nambuangongo e Quitexe, a este pelo município de Bula Atumba, a sul por Pangu Aluquém e a oeste pelo município do Dande.

Tempo

Multimédia