Províncias

Governador inspecciona obras no Dande

O governador do Bengo, João Bernardo de Miranda, inspeccionou na terça-feira as obras de impacto social em curso no município do Dande, com o propósito de se inteirar do cumprimento dos prazos de execução e da sua qualidade.

Em declarações à Angop, após o termo da visita de oito horas, o governador disse que a deslocação a este município foi positiva, porque tem agora uma ideia daquilo que está a ser feito para a melhoria das condições de vida dos habitantes do Dande.
No quadro do Programa de Combate à Pobreza, estão a ser erguidas habitações e mercados, e a ser reabilitados centros e postos de saúde, de modo a dar mais dignidade à vida das comunidades. João Miranda, que visitou demoradamente as obras do mercado municipal do Dande, considerou-o exíguo, tendo em conta os espaços reservados para as vendedoras, pelo que espera que seja ampliado para satisfazer a procura.
O governador provincial inteirou-se, igualmente, do trabalho que está a ser desenvolvido pela empresa Caxito Rega, que gere o perímetro irrigado de Caxito, tendo constatado a tecnologia de rega e a plantação de mais de 2.500 plantas de bananal. Foi, ainda, informado que na próxima colheita, em 2014, a empresa Caxito Rega prevê colher mais de 100 mil toneladas de banana.
João Miranda manteve encontros com membros  da administração municipal do Dande, e recomendou a realização de acções destinadas à requalificação das vias terciárias e secundárias, ao mesmo tempo que incentivou a população a construir residências de estilos modernos e, assim, contribuir para a melhoria da imagem de Caxito e de outras áreas adjacentes.
Outro problema que inquieta o governador tem a ver com o melhoria das valas de drenagem de acesso aos projectos agrícolas e de águas residuais, fornecimento de energia eléctrica aos bairros, que pretende ver melhorada, tendo em conta a existência da Barragem das Mabubas.
João Miranda falou de vários programas que vão melhorar a imagem da sede provincial do Bengo, com destaque para as infra-estruturas urbanísticas, respeitando as normas de urbanização e paisagismo para o reordenamento habitacional.

Tempo

Multimédia