Províncias

Governador João Miranda quer empresários audazes

O governador provincial do Bengo, João Bernardo de Miranda, apelou domingo, em Caxito, aos empresários, empreendedores, cooperativas agrícolas e de pesca e a todas as sensibilidades ligadas à produção de bens e serviços da província a serem cada vez mais audazes.

No seu discurso de fim de ano, o governante disse que a província espera muita criatividade e multiplicidade de iniciativas, com o objectivo de proporcionar mais crescimento económico e desenvolvimento do Bengo.
“Apliquem na produção de bens as modernas tecnologias disponíveis para a diversificação da nossa produção agrícola e industrial, para satisfação das necessidades do consumo interno e contribuir para o aumento das exportações do país”, aconselhou o governador provincial.
João Miranda louvou a atitude do empresariado do Bengo pela iniciativa que teve em exportar um produto nacional, a banana, no maior mercado de consumo da África Central, Kinshasa.Em dois meses de ensaio, Outubro e Dezembro de 2015, foram exportadas para a República Democrática do Congo várias toneladas de banana, de excelente qualidade.
Em 2016, de acordo com os estudos do mercado feitos, as exportações para aquele país vão atingir mais de 1.200 toneladas.
Passo a passo, “vamos crescendo, contribuindo, objectivamente, para a diminuição das importações de certos produtos”, destacou o governante.
O governador João Bernardo de Miranda disse que o dinheiro investido na província do Bengo multiplica-se com segurança, pelo que incentiva os investimentos nesta região do país.
O governante saudou a implantação do maior empreendimento siderúrgico em Angola, Aceria de Angola (ADA), sublinhando ser um exemplo de ousadia por parte de quem, com sentido de oportunidade, apostou na exploração de um importante sector da economia nacional.

Tempo

Multimédia