Províncias

Governador quer os Dembos vasto centro de agropecuária

O governo do Bengo pretende transformar o município dos Dembos no segundo maior centro da província em termos educacionais e de desenvolvimento agrícola depois do Dande, que alberga a sede provincial (Caxito).

Autoridade pretende tornar o município um centro de desenvolvimento agropecuário
Fotografia: Eduardo Pedro

O governo do Bengo pretende transformar o município dos Dembos no segundo maior centro da província em termos educacionais e de desenvolvimento agrícola depois do Dande, que alberga a sede provincial (Caxito).
A intenção foi anunciada no Caxito pelo governador da província do Bengo, João Miranda, num jantar conferência oferecido pelo governante aos jovens da província do Bengo, no âmbito das comemorações do Dia da Paz.
João Miranda justifica a intenção do governo local com o facto de no contexto geográfico da província, o município estar melhor colocado para servir de charneira para o desenvolvimento regional.
Os Dembos localizam-se a cerca de 45 quilómetros de Bula Atumba, de Pango Aluquém e Muxaluando (Nambuangongo), daí a sua escolha.
“Se colocarmos em Kibaxe (sede municipal dos Dembos) o ensino superior para atender a região, vamos estar a servir muito bem. É isso que vamos fazer”, garantiu.
O governador disse ser intenção do seu governo tornar o município no centro de desenvolvimento agropecuário por possuir condições favoráveis.
“Nós apostamos que a breve trecho vamos obter resultados bons na materialização deste projecto. Tudo isso só é possível fazer porque estamos em paz”, sublinhou o governante aos jovens presentes no jantar.
No dia que marcou o 10º aniversário da Paz em Angola, João Miranda disse que o seu pelouro está apostado em dar à juventude aquilo que merece, e anunciou para breve a abertura de uma representação da Universidade Agostinho Neto e de instituições privadas de ensino superior.
 No Bengo já funciona a Escola Superior Pedagógica (público) e o Instituto Superior Técnico de Angola (privado).
O campo de futebol municipal do Dande também vai ser reabilitado até ao final deste ano e está a ser construído o pavilhão multiusos nas Mabubas.

Tempo

Multimédia