Províncias

Há menos casos de tuberculose

Um total de 697 casos de tuberculose foram registados de Janeiro a Novembro deste ano, contra 726 em igual período do ano transacto, revelou ontem, em Caxito, o Supervisor Provincial da Tuberculose.

Luís Miguel Neto de Carvalho avançou que houve uma diminuição de 29 casos por causa das campanhas de sensibilização que os técnicos sanitários têm levado a cabo na província do Bengo, tendo-se registado no mesmo período seis óbitos, com uma taxa de abandono de 184 pessoas.
O centro de tratamento da tuberculose recebe por dia uma média de 25 pacientes, provenientes das províncias circunvizinhas.
“Muitos pacientes saem do hospital curados, outros sensibilizados sobre a alimentação e cuidados a ter com a sua saúde, mas quando chegam às suas residências não põem em prática as recomendações feitas pelos especialistas”, enfatizou.
Instado sobre o que está na base do contágio da patologia, Luís de Carvalho explicou que muitos pacientes vivem em grupos e neste caso há maior facilidade no contágio e disseminação da doença, aliado ao desrespeito das regras alimentares.
Para o controlo da situação, disse que já foi implementado um programa de luta contra a tuberculose nos seis municípios que compõem a província do Bengo, referindo que em relação à assistência médica e medicamentosa, o centro recebe apoio trimestralmente da  Direcção Provincial da Saúde e, neste momento, há medicamentos suficientes para fazer face à demanda.

Tempo

Multimédia