Províncias

Icolo e Bengo ainda regista falta de escolas

O município de Icolo e Bengo necessita de mais 200 salas de aulas, para enquadrar as 2.404 crianças que se encontram fora do sistema de ensino no presente ano lectivo, disse a directora da Educação da localidade, Esperança Manuela.

A directora muncipal explicou que o município enfrenta carência de salas de aulas para o ensino primário e  segundo ciclo. Os novos estabelecimentos de ensino a este nível ainda não são  suficientes para corresponder à procura.
Esperança Manuela referiu que a estratégia para enquadrar todas as crianças no sistema de ensino é ampliar as escolas a nível daquela parcela da província do Bengo.
Quanto à escola 6075 do II ciclo, inaugurada quinta-feira, na comuna do Bom Jesus, a directora municipal considerou que o referido estabelecimento de ensino  evita que os alunos percorram grandes distâncias para irem à escola.

Tempo

Multimédia