Províncias

Jornada científica decorre em Caxito

Pedro Bica | Caxito

O sector da Saúde ocupa um lugar importante e merecedor de atenção particular por parte do Executivo, afirmou em Caxito o governador do Bengo, na abertura da terceira jornada científica da saúde naquela província.

João Miranda realçou a necessidade da existência de uma rede sanitária aceitável e à dimensão das necessidades da densidade territorial da região e considerou imperioso ter-se em conta a valorização dos conhecimentos científicos e técnicos, assim como a obediência às regras deontológicas e espírito humanista dos técnicos de saúde.
Durante a sua alocução, salientou que, à luz da moderna evolução das ciências médicas, o objectivo principal deve ser o aproveitamento racional dos recursos humanos, materiais e das infra-estruturas, traduzindo-os em valor acrescentado para a saúde pública.
O governador disse ser ainda prioritário e necessário o diligente manuseamento das técnicas de administração e gestão hospitalar, tal como a investigação em clínica médica.
Nos seis municípios da província existem nove hospitais, 19 centros médicos, 69 postos de saúde, sendo que quatro dos hospitais municipais estão em obras de ampliação.
Durante três dias, os participantes vão discutir temas como a organização administrativa hospitalar, importância da manutenção, biossegurança, ecografia na gravidez e o movimento hospitalar de Janeiro a Junho.
Os participantes vão analisar, ainda, aspectos ligados à suspensão da prestação de serviço público e a mobilidade do pessoal na função pública. O encontro, que decorre sob o lema “Cuidar com dignidade e amor é um acto de cidadania”, tem a participação de médicos angolanos, cubanos, vietnamitas e portugueses.

Tempo

Multimédia