Províncias

Jovens de Caxito recebem formação

Alfredo Ferreira | Caxito

Um grupo de 204 jovens da província de Bengo concluiu a sua formação no Centro Profissional de Caxito, em várias especialidades e estão disponíveis para o mercado de trabalho.

Durante nove meses, os jovens foram formados nas áreas de electricidade, canalização, alvenaria, carpintaria, corte e costura, frio, serralharia, planificação, mecânica auto, informática, culinária/pastelaria e decoração.
Dos 204 jovens formados 140 são do sexo masculino e 64 do feminino e estão disponíveis para o mercado de trabalho e contribuir para o desenvolvimento da região.
O administrador municipal adjunto do Dande, Francisco Sebastião Adão, disse que a acção formativa é uma ferramenta importante para os jovens, uma vez que adquirem uma profissão.
Com a formação, referiuo responsável, é fácil participar na estabilização social e económica do país, contribuindo, para os esforços do governo para reduzir a pobreza e criar rendimentos para as populações mais carenciadas.
O Centro de Formação Profissional do Caxito, inaugurado em 2002, surge para ajudar os jovens  da província do Bengo a integrar-se melhor na sociedade, através da formação profissional com qualidade e competência.
 Fernando Capita, em representação dos formados, disse que foi difícil concluir o curso, mas lembrou que foi importante atravessar esta etapa e poder contribuir para a reconstrução nacional.
O Centro Profissional do Caxito formou até agora 2.080 jovens, 108 dois quais já estão enquadrados em empresas da região.

Tempo

Multimédia