Províncias

Jovens levam solidariedade a Caxito

PEDRO BICA | Caxito

José Gonçalves, portador de deficiência nos dois membros inferiores, recebeu na quinta-feira, em Caxito, um donativo, numa iniciativa da Associação de Jovens Provenientes da República da Zâmbia (AJAPRAZ).

Associação entregou entre outros bens um computador portátil e chapas de zinco
Fotografia: Jornal de Angola

A associação entregou ao jovem um gerador, computador portátil e de mesa, cama de casal, catanas, enxadas, sementes, mudas de pano, cobertores, chapas de zinco, cimento e uma antena parabólica.
O presidente da AJAPRAZ frisou que este gesto solidário e de amor ao próximo deve ser levado sempre, uma vez que ajuda a colmatar as dificuldades de quem tem necessidade.
Bento Raimundo garantiu que a organização, enquanto parceira do Executivo, vai continuar a apoiar o jovem, não só com bens alimentares e domésticos, mas também na construção da residência familiar.
A AJAPRAZ vai, além disso, prestar apoio à formação técnicoprofissional e académica do jovem portador de deficiência, por ter demonstrado força de vontade em contribuir para a reconstrução do país.
“Esta família vai ter o nosso apoio, através da área social. Vamos fazer tudo para que deixem a casa arrendada onde vivem e tenham habitação própria”, concluiu. O beneficiário, de 23 anos, considerou a acção uma dádiva de Deus, pois há muito que aguardava por uma ajuda, para minimizar as dificuldades que enfrenta.
Estudante da 8ª classe, na escola especial de Caxito, Manucho Gonçalves, como é tratado pelos amigos, manifestou o desejo de envidar esforços para ser um estudante mais competente e dar o melhor para continuar a formação nos próximos níveis de ensino. Além da doação, os membros da Associação de Jovens Provenientes da República da Zâmbia visitaram o terreno pertencente à família de José Gonçalves, onde deixaram orientações para a construção, além de 200 mil kwanzas para o arranque dos trabalhos.

Tempo

Multimédia