Províncias

Juventude com casa para ocupar tempos livres

Destinada a proporcionar aos jovens da província um espaço de lazer, diversão e formação multifacetada vai ser construída, este ano, a casa da juventude do Bengo. 

Destinada a proporcionar aos jovens da província um espaço de lazer, diversão e formação multifacetada vai ser construída, este ano, a casa da juventude do Bengo. 
 Pereira Alfredo, secretário executivo do Conselho Provincial do Bengo da Juventude, disse à Angop que a casa será um local de entretenimento para os jovens, uma vez que vai proporcionar formação diversificada e contínua e prática desportiva, com vista a ocupar os tempos livres da juventude após o período laboral e estudantil.
 O responsável realçou que o projecto pretende ainda afastar a juventude de práticas nefastas, tal como o consumo excessivo de bebidas alcoólicas, drogas, prostituição, roubos e outros comportamentos indecorosos.
 Actualmente, estão a ser construídos dois centros comunitários para a juventude nos municípios de Ambriz e do Dembos, com o propósito de congregar os jovens nos seus tempos livres.
 O secretariado executivo do Conselho Provincial da Juventude do Bengo é constituído por 16 agremiações, entre as quais se destacam associações religiosas, organizações juvenis de partidos políticos (MPLA, UNITA, PRS) e Organizações Não-Governamentais filantrópicas.
Projectos do género estão a ser construídos em todas as províncias do país, para que os jovens possam ocupar os tempos livres.
 O Ministério da Juventude e Desportos está  também a promover acções formativas, para incentivar o auto-emprego e o empreendedorismo juvenil.

Tempo

Multimédia