Províncias

Lançada campanha contra os ratos para eliminação de doenças graves

Alfredo Ferreira |Caxito

Uma campanha de distribuição de produtos biológicos anti-ratos, denominados “Biorat”, e de sensibilização da população foi lançada, há uma semana, na cidade de Caxito, província do Bengo.

 

Uma campanha de distribuição de produtos biológicos anti-ratos, denominados “Biorat”, e de sensibilização da população foi lançada, há uma semana, na cidade de Caxito, província do Bengo.
A coordenadora do programa, Grete Raspal, explicou que a realização da campanha se deve ao facto de os males causados pelos ratos constituírem uma preocupação do governo provincial do Bengo.
Em declarações ao Jornal de Angola, Grete Raspal frisou que o objectivo da iniciativa local é distribuir produtos eficazes no combate às doenças provocadas pelos ratos, como a leptoespirose. “Com esta campanha, pretendemos diminuir o número de vítimas nos oito municípios que compõem a província”, sublinhou Greta Raspal.
Após a morte dos ratos, alertou, a população deve entender que devem ser queimados para que se previna a ocorrência de doenças, mesmo depois de mortos.
Grete Raspal adiantou que a campanha é resultado de um acordo assinado entre os governos de Angola e Cuba, com vista à redução do índice da mortalidade por doenças como a malária, uma das enfermidades mais frequentes em todo o  país.   A leptoespirose só foi classificada doença em 1907 e apresenta-se com vários sintomas comuns que variam de indivíduo para indivíduo. Nos casos mais graves, pode levar à morte do doente, de acordo com Grete Raspal, que informou ainda que o período de incubação é de dois a 30 dias. A hospedeira, depois de se alojar no organismo humano, causa vários problemas à saúde. No mundo, mais de 75 por cento da população mundial apresenta febres altas com calafrios, dores de cabeça e muscular, vómitos, diarreia e olhos avermelhados.
“São sintomas de que o doente pode ter leptoespirose”, avisou Grete Raspal.A campanha tem sido realizada em várias provincias de Angola.

Tempo

Multimédia