Províncias

Mais professores para a província

Edson Fontes | Caxito

A Escola de Formação de Professores Kimamuenho, localizada no município do Dande, província do Bengo, colocou no mercado de emprego 389 novos docentes.

A Escola de Formação de Professores Kimamuenho, localizada no município do Dande, província do Bengo, colocou no mercado de emprego 389 novos docentes.
O director da escola, José Muginga da Silva, disse que os formandos, cujo curso durou quatro anos, se especializaram nas disciplinas de Geografia-História, Instrução Primária, Matemática-Física e Biologia-Química.
José Muginga da Silva, no acto de encerramento deste ano lectivo, afirmou que, com os novos quadros lançados no mercado, a sua instituição formou até o momento, 5.820 docentes.
José Muginga explicou que, no presente ano lectivo, foram matriculados 1.700 estudantes, nas especialidades de Geografia, História e Instrução Primária. Os restantes foram matriculados nas especialidades de Matemática, Física, Biologia, Química, Língua Portuguesa e Língua Inglesa. Sublinhou que a sua direcção vai continuar a melhorar a qualidade do processo de ensino e aprendizagem.
José da Silva assegurou que a escola, de âmbito médio, se debate com a falta de laboratórios, sala de informática, campo polivalente desportivo e transporte.
O governador do Bengo, João Miranda, encorajou os recém-formados a empenharem-se com garra e determinação, a fim de contribuírem no processo de ensino. Deu a conhecer que, no próximo ano, a Educação perspectiva a inserção de mais de 60 mil crianças no ensino primário e 8.512 no primeiro ciclo.

Tempo

Multimédia