Províncias

Mercado de trabalho tem novos licenciados

Alfredo Ferreira | Caxito

A Escola Superior Pedagógica do Bengo (ESP-B) colocou ontem à disposição do mercado de trabalho 267 licenciados em História, Língua Portuguesa, Matemática e Psicologia.

Governador provincial João Miranda felicitou os recém-formados e espera que sirvam o país
Fotografia: Maria João | Edições Novembro | Bengo

Os formados juraram e comprometeram-se em colocar em prática todos os conhecimentos adquiridos, contribuindo com o seu saber no desenvolvimento do país.
A ESP-B, desde a sua criação, já colocou à disposição do mercado de trabalho mais de 400 licenciados, segundo o seu director, Ima Panzo.
O governador João Miranda felicitou os recém-formados e solicitou dedicação e actualização constante dos conhecimentos, para servirem com zelo a nação. Foram ainda galardoados com diplomas de mérito o finalista mais velho, de 62 anos, Jeremias Garcia (História), e, como melhores estudantes, Amadeu Apolo (História), Gabriel Avelino (Língua Portuguesa), Victor João (Psicologia), Joel Pacheco (Matemática) e Arlindo Paulo (Pedagogia).
A cerimónia de outorga de diplomas foi testemunhada pelo director de quadros da Casa Civil da Presidência da República, Eugénio da Silva e pelo Bispo Dom António Jaka.

Tempo

Multimédia