Províncias

Merenda escolar em toda a província

O projecto merenda escolar vai ser expandida, a partir de 2013, aos nove municípios do Moxico, disse na sexta-feira, no Luena, a secretária do Estado para o Ensino Geral e Acção Social, Ana Paula Inês.

Projecto permite combater o absentismo e melhorar o aproveitamento escolar
Fotografia: Jornal de Angola

O projecto merenda escolar vai ser expandida, a partir de 2013, aos nove municípios do Moxico, disse na sexta-feira, no Luena, a secretária do Estado para o Ensino Geral e Acção Social, Ana Paula Inês.
Falando à imprensa no final da visita de dois dias àquela cidade, a responsável explicou que esta medida visa atrair mais alunos para as escolas e melhorar o rendimento escolar.
Dos mais de 200 mil alunos matriculados no subsistema de ensino regular, apenas 56 mil beneficiam de merenda escolar no Moxico. Ana Paula Inês assegurou que as condições técnicas estão criadas para que o processo seja inclusivo.  
Em relação à massificação da educação física e desporto escolar em todas as escolas, a governante apontou a escola como o melhor local para a revitalização do desporto, em todas as vertentes. Ana Paula Inês referiu que está em curso a formação contínua de professores nessa área.  

Erradicação do analfabetismo

No Luena, Ana Paula Inês manteve encontros com a direcção local da educação e outros parceiros, tendo louvado o empenho dos inspectores e supervisores escolares, a quem aconselhou a primarem pela formação técnico-profissional para ajudarem a melhorar a qualidade do ensino. A província do Moxico vai contar, em 2013, com uma comissão técnica para erradicar o analfabetismo na região, disse a secretária de Estado para o Ensino Geral e Acção Social.
Ana Paula Inês disse que a comissão vai ser encabeçada pelo governador provincial, João Ernesto dos Santos, sendo integrada pelos administradores municipais e comunais, além de representantes da sociedade civil.
A secretária de Estado considerou positivo o encontro que manteve com os parceiros sociais, que se predispuseram a conjugar os esforços e ajudar o Governo na revitalização do processo de alfabetização em toda a província do Moxico.
A responsável mostrou-se satisfeita com o empenho do sector da Educação na província na aplicação de vários planos estratégicos de desenvolvimento, apesar da falta de material didáctico para algumas disciplinas. O Ministério da Educação está a criar condições para inverter o quadro em 2013, tanto na disponibilização de material didáctico como na formação e capacitação dos professores, disse.
Melhorar e pagar os subsídios em atraso dos colaboradores, alfabetizadores e professores são outras prioridades do Governo, garantiu a secretária de Estado.
O seu programa de trabalho reservou encontros com as autoridades ligadas à Educação, parceiros sociais e visita à rede escolar das Forças Armadas Angolanas.

Tempo

Multimédia