Províncias

Milhares de cidadãos são alfabetizados

Um total de 4.813 cidadãos frequenta, neste ano lectivo, aulas de alfabetização na província do Bengo, informou ontem, em Caxito, o responsável do Sector de alfabetização da Direcção Provincial da Educação, Sebastião Agostinho de Carvalho.

Um total de 4.813 cidadãos frequenta, neste ano lectivo, aulas de alfabetização na província do Bengo, informou ontem, em Caxito, o responsável do Sector de alfabetização da Direcção Provincial da Educação, Sebastião Agostinho de Carvalho.
Em declarações à Angop, o responsável fez saber que, em 2009, foram inscritos 8.460 alfabetizandos, dos quais 4.014 terminaram o ano lectivo com aproveitamento, sendo 1.066 homens e 2.948 mulheres. O responsável considerou que o número de cidadãos analfabetos tem vindo a baixar no Bengo, graças à eficiência do trabalho dos alfabetizadores, bem como à adesão e dedicação dos alfabetizandos. Sebastião de Carvalho realçou que o sector debate-se com a falta de meios para transportar diversos materiais de Luanda para a cidade de Caxito, nomeadamente material didáctico (cadernos, manuais, lápis, borracha e resmas de papéis).
A Direcção Provincial de Educação controla 150 alfabetizadores, distribuídos em igual número de salas de aulas, que asseguram o processo de ensino e aprendizagem nos oito municípios da província do Bengo.
Durante o ano lectivo, os discentes tiveram aulas de língua portuguesa, matemática, geografia, história, ciências da natureza e integradas. Os alunos frequentam três classes por ano lectivo, com uma duração de três meses cada, que vão da primeira à terceira classe. Os estudantes mostram-se motivados a prosseguir a formação depois de alfebetizados.
A Direcção Provincial da Educação conta com o apoio da Associação Angolana para Ensino de Adultos  e da Igreja Católica, que disponibilizam salas de aulas e formadores para os alunos.

Tempo

Multimédia