Províncias

Milhares de famílias na campanha agrícola

Um total de trinta e oito mil famílias camponesas da província do Bengo está envolvido na campanha agrícola 2018/2019, aberta na locali-dade de Santa Eulália, comu-na do Kicunzo, município de Nambuangongo.

Estão disponíveis oitenta mil hectares de terras aráveis
Fotografia: Nilo Mateus | EDIÇÕES NOVEMBRO

A governadora provincial do Bengo, Mara Quiosa, disse à Angop que estão disponíveis, para a presente época agrícola, 80 mil hectares de terras aráveis, dos quais 100 hectares na localidade de Santa Eulália.
Para o êxito da presente campanha agrícola, de acordo com Mara Quiosa, a província conta com 900 toneladas de adubos, sementes diversas, além de 18 mil estacas de mandioca, cultura tradicional da região.
Mara Quiosa disse que a distribuição de sementes visa diversificar as culturas, com destaque para o feijão e a batata-doce. Além de sementes, foram distribuídos outros incentivos agrícolas às cooperativas e associações de camponeses, para o aumento da produção.
Apesar de estar ainda nos prazos estabelecidos, a abertura da campanha agrícola demorou devido aos constrangimentos na preparação de terras aráveis.
Na campanha agrícola de 2017/2018 foram colhidas 695.334 toneladas de produtos diversos, numa área de 120.560 hectares, com o envolvimento de 36.972 famílias, que receberam assistência técnica e insumos agrícolas.
Mara Quiosa lembrou que o Bengo é uma região que tem solos férteis e clima propício para o desenvolvimento da agricultura.
A província do Bengo controla 8.681 associações, com 674.487 camponeses, e 2.153 cooperativas agrícolas, com 266.411 cooperativistas.

Tempo

Multimédia