Províncias

Milhares de jovens do Bengo são formados em várias áreas

Ao todo, 240 jovens concluíram o ciclo formativo 2013 no centro de formação profissional do Caxito, província do Bengo, após nove meses de treinamento.

Jovens locais aderiram aos vários cursos
Fotografia: Jornal de Angola

Neste período, os jovens receberam formação gratuita nos cursos de electricidade, canalização, alvenaria, carpintaria, corte e costura, frio, serralharia, planificação, mecânico auto, informática, culinária/pastelaria e decoração.
Na mensagem de fim de curso apresentada na cerimónia de encerramento do ciclo formativo, os formandos realçaram que a formação vai permitir participar activamente no processo de desenvolvimento do país e da província do Bengo, em particular.
Os finalistas, que receberam os respectivos certificados, apelaram aos órgãos competentes a facilitar a sua inserção no mercado de trabalho.
O administrador municipal adjunto do Dande para o sector político e social, Francisco Sebastião Adão, destacou a importância desta formação para a qualificação técnica e profissional da juventude, habilitando-a para o mercado de trabalho.
Segundo Francisco Adão, só com mão-de-obra qualificada pode-se participar na estabilização socioeconómica do país, contribuindo nos esforços do Governo para a redução da pobreza e criação de rendimentos para as populações mais carentes.
“Vivemos neste momento um intenso período de organização do sector económico, administrativo e industrial que começa a despontar com vista a corresponder eficazmente aos imperativos imediatos da província”, ressaltou.
Frisou que este ciclo formativo vai possibilitar que os empresários e investidores possam encontrar na província oportunidades de investimentos. Com o encerramento deste ciclo formativo, eleva-se para 2.080 o número de jovens formados no centro de formação profissional do Caxito desde 2002.
O centro visa ajudar os jovens a integrarem-se melhor na sociedade, dando a estes formação profissional com qualidade e competência que os habilita a entrar no mercado de trabalho sem grandes constrangimentos.

Tempo

Multimédia