Províncias

Muitas famílias foram assistidas pela direcção da Reinserção

Marlene Gabriel | Bengo

A direcção provincial do Bengo do Ministério da Assistência e Reinserção Social (MINARS) atendeu, em 2011, 2.093 pessoas, de 419 famílias, que se encontravam em estado de vulnerabilidade, com bens de primeira necessidade.

A direcção provincial do Bengo do Ministério da Assistência e Reinserção Social (MINARS) atendeu, em 2011, 2.093 pessoas, de 419 famílias, que se encontravam em estado de vulnerabilidade, com bens de primeira necessidade.
Os dados foram revelados quinta-feira, em cerimónia de cumprimentos de fim de ano dos trabalhadores da direcção do MINARS, na cidade de Caxito.  
Durante o acto de cumprimentos, a directora considerou de positivas as realizações da direcção provincial da Assistência e Reinserção Social em 2011. Anastácia de Vasconcelos disse que, “no quadro do programa de geração de empregos e renda, foram criados 37 postos de trabalho, com 110 beneficiários directos e 660 indirectos, em projectos de barbearia, electricidade, sapataria, serralharia, engraxadores, marcenaria, mecânica, corte e costura, pesca e recauchutagem, nos municípios do Ambriz, Bula Atumba, Pango Aluquém e  Dande”.
A directora do Minars no Bengo afirmou que em 2011 foram reabilitados os centros infantis de Santa Ana e das Mabubas, no âmbito do programa específico do governo da província do Bengo, para além das comemorações, com êxito, do Dia Internacional da Pessoa Portadora de Deficiência, realizadas no município do Dande.
Anastácia de Vasconcelos disse que foram ainda assistidas cerca de 1.472 crianças desfavorecidas, dos dois aos cinco anos.

Tempo

Multimédia