Províncias

Novo asfalto na estrada satisfaz automobilistas

Pedro Bica | Caxito

Automobilistas e munícipes que circulam no troço entre as províncias do Bengo e Zaire estão satisfeitos com o estado avançado de reparação da estrada.

O trânsito na estrada está mais fluído
Fotografia: Edmundo Eucílio| Ambriz

Os automobilistas, em declarações ao Jornal de Angola, aplaudiram a rapidez e a preocupação do Executivo em fazer a reabilitação da via que liga as cidades de Caxito e Mbanza Congo.
Ana Paula, automobilista há mais de seis anos, a operar na linha Luanda/Caxito e Zaire, afirmou que, com a conclusão das obras, os transtornos, acidentes e os estragos nas viaturas vão fazer parte do passado.
A reabilitação da via vai facilitar o transporte de mercadorias e pessoas de um lado para outro e permite maior fluidez e visibilidade aos automobilistas que circulam no período nocturno, disse.
Ana Paula reconheceu os esforços do Executivo no que toca à construção e manutenção de algumas estradas da região.
 Apontou as debilidades na fiscalização das obras como causadoras da destruição acelerada das estradas.
“É importante que se criem grupos técnicos de trabalho para a fiscalização das estradas, com vista a dar soluções pontuais, sobretudo nas zonas que carecem de  intervenção”, concluiu. Conceição Domingos, moradora do bairro Matadi Mandamba, no município do Ambriz, diz que para trás ficam os buracos e a lama, provocados pelas águas da chuva.A região, doravante, vai poder contar com uma maior frequência de viaturas, permitindo assim um maior fluxo nas trocas comerciais entre Luanda e Caxito e a província do Zaire, indicou.

Operários na obra

Luzalau Morais, ajudante de topógrafo, disse estar satisfeito por ser o seu primeiro emprego. Acrescentou que espera poder continuar a prestar o seu contributo para o desenvolvimento do país. Sem avançar números, revelou que com o salário que ganha consegue minimamente sustentar a família.

Tempo

Multimédia