Províncias

Novos serviços no hospital local

Alfredo Ferreira | Ambriz

O hospital municipal do Ambriz vai contar no próximo ano com serviços de cirurgia, com a construção de um bloco operatório, cujas obras já estão em fase adiantada de construção, revelou o seu director, Mavitidi Sebastião, em entrevista ao Jornal de Angola.

 O hospital municipal do Ambriz vai contar no próximo ano com serviços de cirurgia, com a construção de um bloco operatório, cujas obras já estão em fase adiantada de construção, revelou o seu director, Mavitidi Sebastião, em entrevista ao Jornal de Angola.
“As obras do bloco operatório estão numa fase bastante avançada”, disse Mavitidi Sebastião, notando que o ano passado aquela unidade atendeu 10.015 pacientes, dos quais 5.515 nas consultas externas, 4.500 no banco de urgência e 1.293 parturientes.
O responsável disse que o hospital municipal do Ambriz, que em 2011 internou 622 pacientes entre crianças e adultos, atende em média 30 pessoas por dia, acometidas de malária, doenças diarreicas e respiratórias. Foram também registados outros tipos de situações como as lesões por acidentes de viaturas, apontando como causas principais o consumo excessivo de bebidas alcoólicas.
Sobre o abastecimento de medicamentos e materiais gastáveis, Mavitidi Sebastião referiu que o hospital está “bem servido”, já que os recebe normalmente da direcção da Saúde.
O hospital municipal do Ambriz, que funciona com dois médicos e 47 técnicos de saúde, tem capacidade para internamento de 35 pacientes. Para este ano tem como perspectiva a melhoria contínua da assistência médica e medicamentosa, segundo Mavitidi Sebastião.

Tempo

Multimédia