Províncias

Pango Aluquém sem crianças fora do sistema de ensino

Alfredo Ferreira

O município do Pango Aluquém, na província do Bengo, não tem crianças fora do sistema de ensino neste ano lectivo, segundo o administrador Sebastião Falo.

Administrador fala dos projectos em curso
Fotografia: Edmundo Eucilio |Edições Novembro


Em declarações ao Jornal de Angola, após uma visita de trabalho às vilas do Gombe, Cazuangongo e Banza, o administrador disse que foram reabilitadas e construídas salas de aula em várias localidades do município.
Segundo Sebastião Falo, neste ano lectivo foram matriculados 2.803 alunos, dos quais 1.887 no ensino primário. O município, acrescentou, conta com 17 escolas.
Sebastião Falo aconselha os pais e encarregados de educação a serem mais participativos na educação dos filhos, visto que os professores são apenas condutores da formatação do seu intelecto. Assegurou que o governo continua a trabalhar no programa de combate à fome e pobreza, visando a melhoria das condições de vida da população. O sector de Saúde controla cinco unidades sanitárias, das quais um hospital municipal, na sede, três centros de saúde, nas localidades do Ngombe, Pango Novo e Cazuangongo, bem como um centro de saúde, no Quita, cujos serviços são assegurados por 76 técnicos. Estão a ser construídos dois centros médicos nas localidades de Cazuangongo e do Ngombe.

Tempo

Multimédia