Províncias

Pescadores pedem crédito

Pescadores artesanais da cooperativa “Muquenguegi”, na Barra do Dande, clamam por créditos para o aumento da captura do pescado.

O presidente da cooperativa “Muquenguegi”, Manuel Francisco, disse à Angop que a falta de crédito está a condicionar o aumento das capturas, a recuperação de algumas embarcações e a aquisição de material de pesca.
Manuel Francisco apontou a falta de redes, anzóis, chumbos, bóias, embarcações e motores como os materiais que mais faltam para o exercício da actividade. O município da Barra do Dande necessita ainda de energia eléctrica para o fabrico de gelo, frigoríficos para conservação do pescado e bombas de combustíveis, elementos essenciais para o exercício da actividade pesqueira na costa marítima e no alto-mar.
Manuel Francisco pediu aos empresários para investirem mais no sector das pescas.
A cooperativa “Muquenguegi” foi criada em 2003 e conta actualmente com 18 filiados.

Tempo

Multimédia