Províncias

População local conta com outra escola politécnica

O governador do Bengo inaugurou na terça-feira, no município dos Dembos, um Instituto Politécnico e uma biblioteca, no quadro das celebrações do 1º de Maio, Dia Internacional do Trabalhador.

O governador do Bengo inaugurou na terça-feira, no município dos Dembos, um Instituto Politécnico e uma biblioteca, no quadro das celebrações do 1º de Maio, Dia Internacional do Trabalhador.
O Instituto Politécnico, construído na comuna do Piri, tem nove salas (com capacidade para albergar 365 alunos repartidos em dois turnos), gabinetes do director geral e do subdirector pedagógico, sala de professores, cantina, campo multiuso, de futebol onze, residências para os docentes e casas de banho.
A sua construção durou 13 meses, a cargo da empreiteira Real Monteiro, e ficou orçada em 1,6 milhões de dólares, incluindo o seu apetrechamento. O empreendimento acolhe estudantes dos municípios dos Dembos, Bula Atumba, Pango Aluquém e Nambuangongo, nos cursos de agronomia, contabilidade, economia e informática.
A construção da biblioteca, na vila de Kibaxe, sede municipal dos Dembos, a cargo da mesma empreiteira, teve a duração de seis meses e custou 300 mil dólares.
Ao intervir no acto inaugural, o governador provincial do Bengo, João Bernardo de Miranda, disse que o governo vai continuar a trabalhar na construção de infra-estruturas do género, com vista ao desenvolvimento da província.

Tempo

Multimédia