Províncias

Profissionais da ANGOP vencem prémio no Bengo

Alfredo Ferreira |Caxito

Os jornalistas Francisco da Silva e João Francisco, ambos da delegação da Agência Angola Press (ANGOP), na província do Bengo, vencerem a quinta edição do Prémio Provincial de Jornalismo na categoria de Imprensa, arrebatando um montante de 500 mil kwanzas.

Governador da província João Bernardo de Miranda posou com os vencedores do prémio
Fotografia: Alfredo Ferreira | Caxito

O júri, no seu comunicado, salienta que os jornalistas conquistaram o prémio por uma entrevista feita ao governador da província do Bengo, João Miranda, que retratava a vida económica e social da região.
Na categoria de rádio sagrou-se vencedor Filipe Vuangala, que recebe também um prémio de 500 mil kwanzas e uma menção honrosa de 100 mil kwanzas. Filipe Vuangala já tinha vencido o prémio na edição de 2012, um galardão que foi instituído, em 2009 para estimular a qualidade no exercício da actividade. Na categoria de fotojornalismo, Edmundo Eucílio, da Edições Novembro, ficou com a menção honrosa e 100 mil kwanzas.
O director provincial da Comunicação Social do Bengo, António Quino, disse que o prémio incentiva os profissionais a engajarem-se no trabalho para melhor exercerem o seu papel mobilizador na formação e educação das comunidades. António Quino apelou aos jornalistas para informarem os factos com transparência e isenção, mas lamentou o facto de ter havido fraca participação dos jornalistas comparativamente a edição anterior.
O corpo de jurado, presidido por Catarina da Cruz, não atribuiu o prémio na categoria de televisão, por falta de qualidade dos trabalhos. A cerimónia da entrega do prémio foi prestigiada pelo governador da província do Bengo, João Bernardo Miranda.

Tempo

Multimédia