Províncias

Quadros do Bengo terminam formação

Edson Fontes | Caxito

Chefes de departamento de Educação, directores e subdirectores de escolas do ensino secundário e do primário e segundo ciclo da província do Bengo terminaram ontem, em Caxito, um seminário de capacitação psico-pedagógico.

Durante dois dias, os responsáveis abordaram várias matérias relacionadas com a ética e deontologia profissional, projecto educativo e o sistema de avaliação das aprendizagens.
O director provincial da Educação, Ciência e Tecnologia do Bengo, António Quino, disse que o seminário visou a troca de experiências psico-pedagógicas entre professores, com vista a melhorar a qualidade do processo de ensino e de aprendizagem nas instituições.
Revelou que, no âmbito da consolidação dos conhecimentos teóricos, práticos, didácticos e pedagógicos, com vista a elevar os níveis dos docentes na transmissão de informação científica no processo docente educativo, a direcção da Escola de Formação de Professores Kimamuenho teve a ideia de realizar este seminário.
António Quino disse que o professor é, por regra, um revolucionário, buscando métodos, princípios e outros conceitos para inovar e melhorar os processos de ensino e aprendizagem, procurando maximizar os resultados. Ressaltou que não basta alegar a necessidade de investir mais no sector, sendo preciso olhar para a realidade e pensar nas propostas, para invertermos as tendências actuais em prol duma resposta aos novos desafios.

Tempo

Multimédia