Províncias

Registados menos casos de violência doméstica

Maiomona Artur | Caxito

A província do Bengo registou, no primeiro trimestre deste ano, 59 casos de violência doméstica, contra 66 verificados no mesmo período, no ano passado.

A província do Bengo registou, no primeiro trimestre deste ano, 59 casos de violência doméstica, contra 66 verificados no mesmo período, no ano passado.
A informação foi divulgada pela directora da Família e Promoção da Mulher, Joana Pinto. Dos casos registados, fazem parte ofensas corporais, fugas à paternidade, incumprimento de mesada e abandono do lar. “Temos ainda casos de desabrigo, chantagem, reconciliação de casais e separações”, precisou.
Joana Pinto referiu que a violência doméstica no Bengo tem vindo a diminuir devido ao trabalho permanente de sensibilização que a sua direcção tem realizado com o objectivo de criar uma relação saudável entre as famílias. 
Disse ainda que “agora os homens também têm vindo a apresentar queixas quando são violentados pelas mulheres e procuram os nossos serviços para a solução dos seus problemas”.  
Joana Pinto acrescentou que para a solucionar os conflitos familiares, a sua direcção criou um programa radiofónico intitulado “O Jango” que é emitido pela Emissora Rádio Bengo onde são debatidos temas como a família, culinária, fuga à paternidade e a sexualidade masculino e feminina.
A directora da Família e Promoção da Mulher no Bengo, Joana Pinto, informou que a falta de condições sociais leva muitas famílias a “mandarem os seus filhos em idade escolar para actividades no campo, a fim de garantirem a subsistência alimentar”.

Tempo

Multimédia