Províncias

Registados novos casos de violência doméstica

Maiomona Artur | Caxito

A direcção provincial da Família e Promoção da Mulher registou no Bengo, durante o terceiro trimestre do ano em curso, 68 casos de violência doméstica, contra 53 em igual período do ano transacto.

A direcção provincial da Família e Promoção da Mulher registou no Bengo, durante o terceiro trimestre do ano em curso, 68 casos de violência doméstica, contra 53 em igual período do ano transacto.
A informação foi avançada quarta-feira, ao Jornal de Angola, pela chefe do departamento de administração e finanças da Direcção Provincial do Bengo da Família e Promoção da Mulher (DIFAMU), Madalena Garcia.
Madalena Garcia disse que dos casos registados constam chantagens, ofensas morais e corporais, desalojamento, incumprimento de mesada, adultério, abandono do lar, separação e ameaça de morte.
A responsável disse que para redução dos casos de violência doméstica na região a direcção tem realizado palestras de sensibilização, seminários, assim como encontros de solidariedade com seropositivos e vítimas de violência doméstica, para esclarecer temas relacionados com os problemas sociais.
Madalena Garcia sublinhou que tudo tem sido possível graças ao centro de aconselhamento, que constitui um lugar de atendimento de casos de violência e de aconselhamento às famílias no que diz respeito à resolução de conflitos.
No que concerne ao micro-crédito, segundo a responsável da DIFAMU, 110 processos já estão no Balcão Único do Empreendedor (BUE) para o seu devido tratamento. Madalena Garcia disse também que a direcção enfrenta dificuldades no que toca a meio de transporte, a fim de facilitar a deslocação aos municípios para a realização das actividades.

Tempo

Multimédia