Províncias

Sectores da saúde e educação com maior desenvolvimento

Edson Fontes | Caxito

Os serviços sanitários, de ensino, energia eléctrica e água potável foram os que tiveram maiores progressos, nos últimos dois anos, no âmbito da implementação dos 11 compromissos para a criança, na província do Bengo, disse, ontem, em Caxito, a vice-governadora para o Sector Político e Social.

Melhorado sistema de ensino na região
Fotografia: José Soares

Maria Augusta Peixoto referiu que, no sector da Educação, 69 mil crianças  foram matriculadas no ensino primário e 64.781 beneficiaram de merenda escolar.A vice-governadora para o Sector Político e Social salientou ainda que 125 mil manuais didácticos foram distribuídos  e 5.020 crianças beneficiaram  do programa de alfabetização e outras 387 receberam formação em artes e ofícios.
Maria Augusta Peixoto realçou que a situação da criança em Angola   melhora gradualmente e o Governo   executa várias acções que concorrem para o reforço da protecção social, prevenção e combate à violência contra os menores.
A vice-governadora para o Sector Político e Social revelou que em relação ao sector sanitário, quatro campanhas de vacinação foram realizadas, com a imunização de 266.825 crianças contra a pólio e 99.231 contra o sarampo. Neste campo, foram assistidas em consultas de pediatria 154.788 crianças e seguidas 25.588 outras. Quanto ao HIV/Sida, a vice-governadora avançou que foram criadas 44 unidades sanitárias e testadas 2.011 crianças.
Outro sector de destaque é o da Energia e Águas, em que, no âmbito do programa "Água para Todos" foram construídos pequenos sistemas de abastecimento em várias localidades. Maria Augusta Peixoto apelou aos pais, organizações voluntárias, autoridades administrativas, religiosas e tradicionais para reconhecerem os direitos da criança, dando-lhesa a protecção que merecem.
Ás crianças, a vice-governadora solicitou que se dediquem mais aos estudos, tenham bom comportamento cívico, respeitem os mais velhos e obedeçam aos pais.

Tempo

Multimédia