Províncias

Técnicos da Educação e Saúde exortados a dignificar a classe

Alfredo Ferreira | Caxito

O vice-governador para a área económica do Bengo, Domingos Guilherme, exortou os técnicos da Educação e Saúde a dignificarem as respectivas classes, recusando o suborno.

Domingos Guilherme disse aos professores, médicos e enfermeiros, que a “gasosa” (suborno) deve ser banida dos referidos sectores, uma vez que esta prática mancha em todos os sentidos o exercício das suas actividades.
O vice-governador falava na cidade de Caxito, durante a cerimónia de tomada de posse de 140 responsáveis de direcções provinciais, administradores, chefes de repartições e inspectores, no âmbito do processo de rotatividade de quadros. Domingos Guilherme exortou os recém-empossados a exercerem as suas novas funções com responsabilidade e ouvirem sempre as opiniões dos seus mais directos colaboradores.
O vice-governador do Bengo apelou aos empossados para que apoiem igualmente os seus superiores hierárquicos com conselhos e sugestões técnicas.
O responsável disse que o governo tem um plano de desenvolvimento sustentável da província, aprovado no dia 6 deste mês, em que estão inseridos os projectos e acções que a serem executados entre 2013 e 2017.
Domingos Guilherme realçou que o plano em causa é um documento de orientação para os funcionários, sublinhado que cada trabalhador deve ler, estudar e compreender o plano do governo.

Tempo

Multimédia