Províncias

Técnicos da Saúde em Caxito aprimoram conhecimentos

Noé Jamba| Bengo

No âmbito do programa de combate ao paludismo, técnicos da Saúde, na província do Bengo, participaram, durante um mês, num seminário de capacitação.

No âmbito do programa de combate ao paludismo, técnicos da Saúde, na província do Bengo, participaram, durante um mês, num seminário de capacitação.
Durante a acção formativa, que hoje termina, foram abordados temas que visam dotar os técnicos angolanos de competências técnicas abrangentes para a melhoria das práticas na avaliação e controlo da doença.
Segundo uma nota da direcção local da Saúde, Angola está empenhada na redução da mortalidade por malária, reduzindo, até 60 por cento, o impacto da doença, através de estratégias como o uso de mosquiteiros tratados com insecticida, a melhoria do saneamento do meio ambiente, a luta anti-vectorial, a atenção aos grupos de maior risco como as mulheres grávidas e crianças menores de cinco anos, a adopção de uma nova política terapêutica e o reforço da educação para a saúde.
A nota acrescenta que, em 2009, Angola registou mais de 3,1 milhões de casos de malária.
O seminário, que termina hoje, em Caxito, foi organizado pelo Ministério da Saúde, com a colaboração de seus parceiros sociais.

Tempo

Multimédia