Províncias

UNACA reconduz direcção

Noé Jamba| Bengo

A assembleia-geral ordinária de balanço e renovação de mandatos da Federação das Associações de Camponeses e Cooperativas Agro-Pecúarias do Bengo, UNACA, reconduziu na sexta-feira, na cidade de Caxito, a direcção executiva cessante para um novo mandato de quatro anos.

Camponeses do Bengo contam com um projecto ambicioso da UNACA
Fotografia: Pedro Miguel

A assembleia-geral ordinária de balanço e renovação de mandatos da Federação das Associações de Camponeses e Cooperativas Agro-Pecúarias do Bengo, UNACA, reconduziu na sexta-feira, na cidade de Caxito, a direcção executiva cessante para um novo mandato de quatro anos.
No encontro, que reuniu 52 delegados, foram aprovados, por consenso, a acta da primeira assembleia extraordinária, o relatório de balanço das actividades desenvolvidas durante o período 2005/2010 e o plano de acção para o quadriénio 2010/2014.
A assembleia recomendou aos órgãos da organização a todos os níveis para desenvolverem acções que visam o aumento da produção agrícola, através da introdução de técnicas mecanizadas nas associações de camponeses e cooperativas. />Foi igualmente recomendada a continuidade do processo de alfabetização, com a abertura de salas de aulas nas organizações de base, em colaboração com o Ministério da Educação, de modo a reduzir os índices de analfabetismo no seio dos camponeses.
Nas recomendações ficou expressa a necessidade de se incentivar os camponeses na perspectiva de diversificação da produção agrícola, incluindo os pequenos ruminantes.
Os participantes tomaram conhecimento dos novos mecanismos de concessão de crédito aprovado pelo Executivo para apoiar os camponeses e pequenos agricultores.
Foram eleitos para a mesa da assembleia-geral Francisco Gomes, para presidente, Maria Helena, e para vice-presidente, Manuel Mateus.
A UNACA-Federação do Bengo tem 206 associações de camponeses em todos os municípios.

Tempo

Multimédia