Províncias

Violência doméstica preocupa autoridades

Maiomona Artur | Caxito

A Direcção Provincial da Família e Promoção da Mulher na província do Bengo registou, durante o quarto trimestre do ano em curso, 44 casos de violência doméstica contra os 40 em igual período do ano transacto, disse ontem, ao Jornal de Angola, a responsável pelo sector.

A Direcção Provincial da Família e Promoção da Mulher na província do Bengo registou, durante o quarto trimestre do ano em curso, 44 casos de violência doméstica contra os 40 em igual período do ano transacto, disse ontem, ao Jornal de Angola, a responsável pelo sector. 
Joana Pinto esclareceu que a sua direcção tem estado a elaborar programas destinados a divulgar a nova lei contra a violência doméstica, sobretudo nas comunidades mais recônditas da província.
Com a aprovação da lei, realçou Joana Pinto, muitas famílias vão reconciliar-se, para que tenhamos uma sociedade cada vez mais humana e respeitadora.
A família, enquanto célula principal de uma colectividade, deve viver em plena harmonia e desenvolver boas práticas sociais, considerou Joana Pinto, afirmando que é nesta ordem de ideias que o instrumento jurídico ganha a sua importância. No entanto, a lei não deve, em seu entender, ser encarada como uma vitória apenas das mulheres, mais sim das famílias, realçando que o segredo deste combate está no diálogo permanente.

Tempo

Multimédia