Províncias

Bengo precisa de professores

A Direcção Provincial de Educação do Bengo necessita de 557 professores para os diversos níveis de ensino no ano lectivo 2010/2011, visando melhorar a qualidade do processo de aprendizagem.

A Direcção Provincial de Educação do Bengo necessita de 557 professores para os diversos níveis de ensino no ano lectivo 2010/2011, visando melhorar a qualidade do processo de aprendizagem.
Em declarações segunda-feira à Angop, o chefe do departamento da Educação, Nogueira Hernâni, disse que os docentes necessários vão ser admitido através de um concurso público na província.
Este ano, a direcção da Educação vai construir 74 novas salas de aulas, para diminuir o número de crianças fora do sistema do ensino, que no ano transacto atingiu a cifra de cinco mil crianças.
Os chefes de repartições, directores das escolas do II ciclo, ensino médio, técnico e inspectores escolares, reunidos segunda-feira, em Caxito, província do Bengo, fizeram o balanço das actividades desenvolvidas no ano passado e perspectivaram as acções para este ano lectivo.
 O encontro, dirigido pelo director provincial da Educação do Bengo, Pedro Neto, visou igualmente abordar aspectos relacionados com a situação organizacional e funcional dos estabelecimentos de ensino na região e a actualização salarial dos docentes.
  A Direcção Provincial da Educação, Ciência e Tecnologia do Bengo tem 332 escolas, sendo 283 do ensino primário, primeiro ciclo (33), II ciclo (12), três institutos médios e uma escola do ensino especial, contando com mais de três mil professores.

Tempo

Multimédia