Províncias

Administrador municipal da Ganda defende uma gestão transparente

 
O administrador municipal da Ganda pediu, na quinta-feira, aos membros do seu executivo que trabalhem, “afincadamente, em torno de uma gestão transparente e participativa”.

O administrador municipal da Ganda pediu, na quinta-feira, aos membros do seu executivo que trabalhem, “afincadamente, em torno de uma gestão transparente e participativa”.
Caetano Lopes, que falava numa reunião extraordinária, falou da necessidade de se materializarem os “projectos constantes do programa do Governo que visam a melhoria das condições sociais da população, com base na transparência”.
O administrador sublinhou que as alterações ou remodelações que podem ser feitas vão servir para melhorar o funcionamento dos serviços.
“Cada um deve preocupar-se com o seu trabalho para se encontrarem melhores soluções que dêem cumprimento à missão que o Governo e o MPLA preconizaram”, disse.
Caetano Lopes defendeu a conjugação de esforços para serem materializados os compromissos assumidos, sobretudo na construção de infra-estruturas sociais.
O administrador garantiu que existem reservas fundiárias para a distribuição de terrenos à população, no âmbito do programa habitacional que prevê a construção no país, nos próximos quatro anos, de um milhão de casas.
Durante a reunião, foram tratadas questões referentes ao cronograma de actividades e à criação de condições para as festividades do 11 e do 22 de Novembro, dias da Independência Nacional e do Educador.

Tempo

Multimédia